FORTALEZA

praia hotel

Consórcio: Entenda as regras desse modo de compra

 Veja como esta forma de aquisição de bens e serviços pode ser uma alternativa ao financiamento de veículos e imóveis

Você está interessado em comprar um carro ou uma casa? O consórcio pode ser uma opção. Ao fazer um consórcio, você pode adquirir a uma infinidade serviços e produtos como bicicletas para andar, máquinas e equipamentos para trabalho, eletrônicos para lazer e diversos serviços. Mas como um consórcio?

O consórcio é uma modalidade de compra pautada pela união de pessoas, físicas ou jurídicas, interessadas em adquirir bens móveis, imóveis e serviços. A compra desses itens é viabilizada pela poupança, que é justamente formada por integrantes desse grupo, cuja formação só pode ser feita por uma Administradora de Consórcios, autorizada e fiscalizada pelo Banco Central.

Consórcio pode ser uma opção para conquistar a casa.

Mas como se forma essa economia?

Os interessados ​​na aquisição de um bem ou serviço, denominados sindicatos, contribuem, por um determinado período, com uma quantia destinada à criação de um fundo comum para todos os integrantes do grupo. Depois que os consorciados são sorteados, ou têm seus lances contemplados, eles usam parte desse fundo para comprar o que você quer.

Como parte de um consórcio?

A primeira coisa que um interessado em participar de um consórcio deve fazer é procurar um gestor de consórcio que, como vimos, tenha autorização do Banco Central para funcionar. Para verificar se uma empresa está autorizada a atuar, basta acessar o site do banco central.

Depois de decidir qual o grupo de consórcio mais interessante e que atende as necessidades do cliente, é hora de assinar o contrato. Nesse ponto, é importante que o consórcio leia atentamente as cláusulas para conhecer seus direitos e suas obrigações; verificar a duração do grupo de expiração, os percentuais de contribuição e outras despesas e garantias a serem prestadas por ele, a serem contempladas; a contemplação de regras por lote e licitação; e a forma de pagamento antecipado de benefícios.

Existem duas formas de aderir a um grupo de consórcio: comprando uma parte de um grupo formando ou comprando uma parte de um grupo já formado. A primeira opção é a mais frequente, e ocorre quando a administradora ainda está formando o grupo de consórcio, e, portanto, não realizou Assembleia Geral do grupo.

No segundo caso, o administrador já realizou a primeira Assembleia Geral e o requerente deve optar por adquirir uma cota vaga ou de reposição, cota que não foi vendida ou pertencente a um membro que saiu do grupo e é vendida pelo Administrador, ou efetua transferência de cota, parcela que é comprada diretamente do consorciado ou administrador ao abrigo da qual deixou o cuidado da transferência.

Quanto tempo o grupo sindicado?

O grupo consorciado é formalmente constituído na data da realização da primeira Assembleia Geral Anual, que é quando ocorre a distribuição de empréstimos para aquisição de bens ou serviços e o fornecimento de informações gerais sobre a evolução do grupo. A duração do grupo depende do prazo que o consórcio tem para pagar o crédito que contratou. Este período deve estar incluso no contrato e ser definido pelo administrador.

Qual é o valor dos benefícios?

Os valores dos benefícios a serem pagos pelo consórcio são pré-definidos em contrato. Estão incluídos nos benefícios o fundo comum, valor pago para formação de poupança, taxa de administração, valor pago pela gestão dos serviços prestados e, caso esteja estabelecido em contrato, o fundo de reserva e / ou seguro, fundo de proteção garante o funcionamento do grupo.

Quando ocorre a contemplação?

A contemplação ocorre quando o consórcio obtém o crédito contratado para adquirir o bem ou serviço de seu interesse. Existem dois tipos de contemplação, por sorteio e por lance.

A contemplação por sorteio, como o nome diz, ocorre no momento do sorteio do consórcio. Todos aqueles que estão em dia com o pagamento de suas contribuições têm a mesma chance de serem sacados.

A contemplação para licitação é a licitação mediante oferta do consórcio ativo, após o sorteio. Cada contrato define os critérios para ofertas de fornecimento e empate.

Como usar o crédito?

Quando o consórcio é contemplado, ele passa a poder utilizar o crédito para adquirir o bem ou serviço, conforme definido em contrato, e ter total liberdade para determinar quando realizar a compra.

Pode utilizar até 10% do seu crédito para custear despesas relacionadas ao bem ou serviço adquirido (como cartórios, transferência de titularidade e registro de instituições e seguros) além de utilizar o saldo de sua conta vinculada ao FGTS para contemplar o seu crédito e assim adquirir um imóvel de maior valor para o seu crédito, usar o crédito para quitar o financiamento de sua propriedade e converter o dinheiro do crédito após 180 dias de contemplação.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cons%C3%B3rcio