Principais opções de intervenção plástica na mama

Dependendo do propósito, há diversos tipos de intervenção plástica que são capazes de ser feitos nos seios, sendo possível aumentá-los, diminuí-los, levantá-los e até mesmo reconstruí-los, nos casos de retirada da mama devido a câncer da mama, por exemplo.

Frequentemente, esse tipo de intervenção é realizado em mulheres, porém similarmente pode ser executado em homens, especificamente nos casos de ginecomastia, que é no momento em que as mamas crescem por causa de ao progresso exagerado do fazenda mamário no homem. Saiba mais sobre o crescimento das mamas no homem e como alimentar.

A mamoplastia apenas precisa ser feita em seguida dos 18 anos, uma vez que apenas a partir desta idade é que a mama já se encontra desenvolvida, evitando modificações no resultado. A intervenção, frequentemente é feita com anestesia maior parte e tardada em média 1 momento e, a indivíduo encontra-se internada na clínica ao longo cerca de 2 dias.

Mamoplastia de crescimento

A intervenção plástica para reforçar os seios, conhecida por mamoplastia de crescimento, é feita no momento em que se quer reforçar o massa da mama, especificamente no momento em que esta é bastante jovem e pleito redução da entono, por exemplo. Além disso, há mulheres que, depois de incentivar, perdem um volume de mama e a intervenção similarmente pode ser usada nesses casos.

Nestes casos, é colocada uma prótese de silicone que faz reforçar o volume, sendo que seu massa varia de acordo com o corpo de cada indivíduo e a vontade da mulher, podendo ser colocada por cima do massa magra do tórax ou por baixo deste. Saiba como é feita a intervenção da mamoplastia de crescimento.

Mamoplastia redutora

A intervenção plástica para coarctar o massa da mama é feita no momento em que a mulher quer coarctar seu massa, devido a desproporcionalidade em correlação ao corpo ou no momento em que o peso dos seios é pleito de dor nas costas constante, por exemplo. Não obstante, esse tipo de intervenção similarmente pode ser credenciado para o homem que tem ginecomastia, permitindo eliminar o exagero de fazenda mamário que aumenta nestes casos.

Nesta intervenção, é removido o exagero de gordura e pele, atingindo-se um massa de mama proporcionado ao corpo. Veja no momento em que é sugerido corporificar a mamoplastia redutora.

Mastopexia para provocar os seios

A intervenção feita para provocar os seios é conhecida por lifting da mama ou mastopexia e, é realizada para permitir maneira à mama, especialmente no momento em que está bastante caída e flácida, o que acontece naturalmente a partir dos 50 anos, depois de amamentação ou devido a oscilações de peso.

Nesta intervenção, o clínico levanta a mama, removendo o exagero de pele e comprimindo o fazenda, sendo comum corporificar esta intervenção em conjunto com mamoplastia de crescimento ou diminuição, de acordo com os casos. Saiba visto que realizar uma mastopexia pode resultar excelentes resultados.

Intervenção para reconstrução dos seios

A intervenção para reconstrução da mama é realizada para adulterar totalmente a maneira, o massa e a visual da mama e é feita especialmente depois de retirada de parte da mama devido a situações de câncer.
Não obstante, similarmente pode ser feita somente reconstrução do mamilo ou da aréola, no momento em que esta é grande ou assimétrica e, é comum, similarmente ser feita mamoplastia para reintegrar a mama mais bonita e natural.

Veja como é feita a reconstrução mamária.
Antes e após a mamoplastia de crescimento
Valor da intervenção nos seios
O valor da intervenção nos seios, custa ao menos 3 mil reais e depende do tipo de intervenção: a mamoplastia de crescimento, frequentemente é a mais barata, do tipo de anestesia visto que a anestesia maior parte é constantemente mais cara. Além disso, o valor similarmente depende da clínica no qual é feita a intervenção.

Pós-operatório da intervenção plástica nos seios
A recuperação tardada em média 2 semanas e, nos primeiros dias, é comum sentir qualquer dor ou pesar na região. Não obstante, para agilizar a recuperação e evitar a dor, é sugerido ter alguns afazeres como:
Dormir constantemente de abdômen para cima ;
Utilizar uma bandagem elástica ou corpete, para apoiar os seios ao longo ao menos 3 semanas;
Evitar realizar vários movimentos com os membro, como acarretar automóveis ou realizar treino intenso, ao longo 15 dias;

Ingerir a medicamento analgésica, anti-inflamatória e antibiótica de acordo com as orientações do médico.

Especificamente nos casos de reconstrução ou redução da mama, a mulher pode ficar com um dreno após a intervenção, que é um irrelevante cano que permite dispensar o exagero de líquidos que se formam, evitando diversos tipos de história. Geralmente, o dreno é retirado 1 a 2 2 em seguida.
Já os pontos, frequentemente são retirados entre 3 dias a 1 semana, dependendo do processamento de cicatrização, que é ajuizado durante das consultas de reconsideração com o clínico.

Possíveis problemas da intervenção

Depois de intervenção plástica nos seios são capazes de manifestar-se algumas problemas, no entanto com pouca frequência, como:
Infecção, ocorrendo concentração de pus;
​Hematoma, com acumulo de sangue
Dor e receptividade da mama;
Negativa ou rutura da prótese;
Assimetria de mama;
Sangramento ou justeza excessiva do tórax.

No momento em que ocorrem problemas pode ser preciso ir no bloco para censurar o dificuldade, no entanto, apenas o clínico pode avaliar e confirmar qual a melhor maneira. Saiba mais sobre os possíveis riscas das cirurgias plásticas.