Tipos de Gráficos e suas utilidades

 

Gráficos são representações visuais de dados e informações numéricas que servem para favorecer a significado destas.
As informações existentes nos gráficos são referentes a tudo aquela coisa que pode ser seguro ou quantificado, geralmente explicando um semelhante entre características e quantidades. A figurante do gráfico auxilia a reintegrar o seu conteúdo mais objetivo, fazendo com que a indivíduo que o analisa consiga responsabilizar um significado ao gênero dos dados de forma mais tangível.

Por esta motivo, os gráficos precisam ser construídos com parcimônia e acessibilidade, exatamente para que possam ser auto-explicativos e de possível percepção.
Uma das utilidades mais usuais dos gráficos é fazer-se uma espaço recenseamento sobre certo assunto ou feito. Por exemplo, um gráfico que ajude a verificar o índice da tarifa de mortalidade no Brasil.


Tipos de gráficos

Nos dias de hoje, é primordial saber traduzir os distintos tipos de gráficos, seja para o performance de determinada ofício, como para conseguir esgotar informações benéficos ao rotina.

Gráfico de colunas

Um dos gráficos mais usados. Costuma ser empregado para comparar quantidades, explicando variações que mostram a intensidade de certo erudito, em semelhança com um tempo de tempo, por exemplo.

Gráfico em barras

É parecido ao gráfico de colunas, porém com os princípios dos dados dispostos na opinião horizontal, enquanto que as informações comparativas aparecem na perpendicular.

Gráfico em pizza

Similarmente chamado de Gráfico de Setores, esse modelo possui esse nome por ter o formato de uma pizza ( um círculo ). Utilizado para inserir princípios a começar por um todo, conduzindo-se o conceito da proporcionalidade.

Gráfico de areas

Costuma ser comum para comparar princípios ou mostrar modificações nos dados durante de um tempo de tempo. Idealizado por linhas e pontos, sendo que a área precisa ser preenchida.

Gráfico em linhas

Similarmente chamado de Gráfico de Segmento, serve para entregar princípios (numéricos) em certo espaço-tempo. Evidência as evoluções e diminuições de certo erudito.

 

Histograma

A diferença do histograma para o gráfico de colunas está no feito do primeiro não entregar lugar entre as barras verticais.

Infográfico

Gráficos são representações visuais de dados e informações numéricas que servem para favorecer a significado destas.
As informações existentes nos gráficos são referentes a tudo aquela coisa que pode ser seguro ou quantificado, geralmente explicando um semelhante entre características e quantidades. A figurante do gráfico auxilia a reintegrar o seu conteúdo mais objetivo, fazendo com que a indivíduo que o analisa consiga responsabilizar um significado ao gênero dos dados de forma mais tangível.

Por esta motivo, os gráficos precisam ser construídos com parcimônia e acessibilidade, exatamente para que possam ser auto-explicativos e de possível percepção.
Uma das utilidades mais usuais dos gráficos é fazer-se uma espaço recenseamento sobre certo assunto ou feito. Por exemplo, um gráfico que ajude a verificar o índice da tarifa de mortalidade no Brasil.

Tipos de gráficos

Nos dias de hoje, é primordial saber traduzir os distintos tipos de gráficos, seja para o performance de determinada ofício, como para conseguir esgotar informações benéficos ao rotina.

Gráfico de colunas

Um dos gráficos mais usados. Costuma ser empregado para comparar quantidades, explicando variações que mostram a intensidade de certo erudito, em semelhança com um tempo de tempo, por exemplo.

 

Gráfico em barras

É parecido ao gráfico de colunas, porém com os princípios dos dados dispostos na opinião horizontal, enquanto que as informações comparativas aparecem na perpendicular.

Gráfico em pizza

Similarmente chamado de Gráfico de Setores, esse modelo possui esse nome por ter o formato de uma pizza ( um círculo ). Utilizado para inserir princípios a começar por um todo, conduzindo-se o conceito da proporcionalidade.
Gráfico de áreas

Costuma ser comum para comparar princípios ou mostrar modificações nos dados durante de um tempo de tempo. Idealizado por linhas e pontos, sendo que a área precisa ser preenchida.

Similarmente chamado de Gráfico de Segmento, serve para entregar princípios (numéricos) em certo espaço-tempo. Evidência as evoluções e diminuições de certo erudito.
Histograma

A diferença do histograma para o gráfico de colunas está no feito do primeiro não entregar lugar entre as barras verticais.